Siga a gente:

© 2017 Designed by Silvia Montoya - www.silviamontoya.com 

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • Icons-Email-White

Cores começam a aparecer sob os trilhos da Estação Industrial/Tintas Killing

November 6, 2019

Obra de revitalização da área, executada pela Tintas Killing, já provocou mudanças significativas na harmonia do ambiente.

1/4

Plantas e cores já compõem o espaço da Estação Industrial/Tintas Killing. (Foto: Eduardo Defferrari).

 

Quem passa pelo trecho entre a Estação Industrial da Trensurb e a Av. Sete de Setembro, em Novo Hamburgo, percebe uma relevante mudança visual sob os trilhos do Trem. A novidade é fruto da obra iniciada pela Tintas Killing no começo de outubro. A empresa, que adotou a área junto à Administração Municipal, está revitalizando o espaço dando cor aos pilares de sustentação e vida aos canteiros. A ação, ainda em andamento, reforça a cultura da Killing que sempre prezou pela conservação dos ambientes públicos e pela parceria com a comunidade local.

Detalhes sobre o projeto

Bruno Schilling realizou um estudo de programação visual no qual as colunas foram tratadas como telas. “A principal característica visual do projeto é a fluidez das formas gráficas, representando o orgânico, a natureza e a sensação de movimento. Além disso, teremos elementos sobrepostos que irão representar a tecnologia que a Killing utiliza na fabricação de seus produtos”, explica Bruno.

O projeto de paisagismo foi desenvolvido pelo engenheiro florestal Paulo André Killing. Segundo ele, foram escolhidas plantas de porte rasteiro e arbustivas de baixo a médio porte para harmonizar o ambiente sem interferir nas pinturas. “As plantas darão vida para o ambiente árido do local, repleto de concreto, asfalto e pedra”, salienta. Inspirados em jardins desérticos, serão colocadas granilhas e pedras em meio à vegetação de xeromórficas, plantas que pouco necessitam de água e sobrevivem ao clima seco.

Também faz parte da revitalização a manutenção da pintura da ciclovia e a confecção de faixas transversais para a circulação de pedestres, dentro do trecho comtemplado. A expectativa é que a obra seja finalizada em quatro meses.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags